10/14/2006

Para quem ainda não conhece...

finnish emotions

6 Comments:

Blogger José Mira said...

António, qual é a sua opinião quanto à frieza nórdica?

10/16/2006 04:42:00 da tarde  
Blogger aNtonio said...

Essa pergunta já vem com resposta, não? ;)

É um mito. Podem ser mais contidos e não exteriorizarem tanto, podem ter aprendido que se evitassem mexer o rosto se manteriam mais quentes durante o inverno gelado (nao sei se tem fundamento mas que funciona, funciona), podem os seus atributos de socialização serem herdeiros da sociedade agraria de há 50 anos, mas por dentro são como nós.

10/17/2006 12:45:00 da manhã  
Blogger José Mira said...

"Essa pergunta já vem com resposta, não? ;)"
Não, por acaso não vem.
Agradeço a resposta, uma vez que o ponto de vista em primeira pessoa é sempre melhor que tendo sido obtido a partir de uma imagem :)

10/17/2006 02:58:00 da tarde  
Blogger aNtonio said...

Digamos que os estereotipos se fundamentam em traços de caracter (por mais disparatado que o resultado final possa ser) mas o que esta a superficie não significa absolutamente nada.

Outros poderão, naturalmente, discordar. Lembro-me de uma entrada do Francisco Jose Viegas em que ele se falava da "frieza nordica" de forma semelhante à minha. No encontrei essa, apenas esta outra

10/18/2006 11:44:00 da tarde  
Anonymous Quente mediterrânico said...

Caro José, o António anda é despercebido... deve ser do frio! :D

Säo frios, SIM, e näo é por ficarem sociais quando se enfrascam que mudam... olha lá!

Claro que os de Helsínquia, mais habituados a lidar com "escuros" säo um bocadinho mais abertos, mas daí até serem "como nós" vai uma grande distância!

Mas também, como é possível ser "quente" com este frio e esta comida?

10/19/2006 12:07:00 da manhã  
Blogger aNtonio said...

Quente Mediterranico,

já percebi qual a origem desta brisa estival que vem de leste. Parece que vem com o comboio...:)

10/19/2006 09:50:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home