11/25/2006

Imagens da Guerra

Um dos vestígios remanescentes da auto-censura politicamente motivada que marcou os anos 60, 70 e 80 da história deste país foi recentemente eliminado com a publicação de imagens de guerra com 60 anos de idade.

Imagens de execuções de espiões russos (foto), vítimas inocentes de massacres, incluindo menores, ou que testemunham canibalismo entre soldados invasores foram consideradas "inapropriadas" para publicação para não inquietar o grande vizinho de leste. Falar publicamente dos massacres e discutir as atrocidades dos invasores era até bem pouco tempo proibido.Quando em 1998, Tyyne Martikainen, que aos 12 anos sobreviveu ferida às atrocidades fazendo-se passar por morta, publicou as suas memórias não encontrou editora disposta a publicar o livro...

Ligações:


Artigo em inglês (hs)



Sigam à vossa própria responsabilidade: Galeria de horrores (legendas em finlandês)

2 Comments:

Anonymous O analista said...

Posseras! 5-fotos-5 de limparem o sebo ao mesmo gajo, que ainda por cima se ri na cara do seu carrasco... ou decidiu que seria bem melhor que na sua última foto o homem ficasse a rir!
Mas o importante é... 4 ou 5 balas pró mesmo tipo? Desperdício! Do outro lado era mais económico e eficaz: uma só na nuca!

11/26/2006 02:22:00 da manhã  
Blogger aNtonio said...

Talvez se prendessem com razões de auto-persevação dos soldados, a diferença entre um assassino e um executor. Um dos metodos mais utilizados é o pelotão de fuzilamento em que apenas um dos soldados dispõe de munição efectiva - e nenhum deles sabe qual...

11/27/2006 11:21:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home