3/08/2006

Bons exemplos da Finlândia - postagem acídula

O 1.o Ministro português veio visitar um país que efectuou "uma profunda transformação económica, graças à introdução bem sucedida de novas tecnologias e ao investimento nos recursos humanos".

Ora bem, é assim: esta "profunda transformação económica" (só) aconteceu a seguir a uma profunda crise.
Essa do "investimento nos recursos humanos" faz-me rir, porque o investimento foi feito na educação, a nível do governo, há mais de 30 anos. Dizer "investimento nos RH" parece que foram as empresas a tomar a iniciativa sozinhas.

Óbvio que quando os trabalhadores se viram confrontados com a imensa crise de 1991-93, puderam aumentar a produtividade por serem operários *qualificados*.
A aposta feita no passado nos cursos técnicos (ammatikoulu) e nos politécnicos (AMK) rendeu, e muito. Isso e a colaboração estreita entre Universidades e empresas (do qual a Univ. Técnica de Helsínquia+Nokia é o mais visível).

A questäo também passa pelo chamado "trabalho de equipa" entre governos de cores distintas, associaçöes patronais, e sindicatos, a bem da sociedade em geral (situação que mesmo com a globalização continua, embora de quando em vez lá venha uma greve).

É a tal história: quem estuda, mais facilmente consegue encontrar novas maneiras, mais eficientes, de trabalhar.

Por isso a Finlândia sobrevive à globalização: os empregos que väo saindo säo os de "apertar botöes", pq esses säo fáceis de deslocar, agora deslocar "cérebros" é sempre muito mais custoso. Induquem-se!

Conclusäo: "choques tecnológicos" näo acontecem por acaso, nem frutificam em pouco tempo. É óptimo que comecem, é certo, mas só espero que os planos näo sejam cancelados por descobrirem que, afinal, isto demora tanto tempo e os resultados säo täo pouco visíveis que näo däo votos, logo, vamos voltar ao
Portugal de sempre, o dos 4 FFFF.

Existe porém uma maneira mais rápida de tratar do assunto...


Cartoon de Bandeira no DN, 08/03/06



Agora os "gastronomicamente presunçosos" finlandeses poderiam era ir a Portugal e trazer a nossa cozinha tradicional, e calarem-se de vez com as manias que na Finlândia se come bem. Qualquer simples vitela à jardineira bate qualquer "karjalan paisti" (estufado[?] careliano) aos pontos. AH POIS É!

Já para näo falar de umas favas com chouriço...

3 Comments:

Blogger Zé Côdeas said...

Ó André, nem fales da comida que dá cá uma saudade!;)

Quanto ao resto, acho que o diagnóstico está por demais feito. Mas isso leva tempo e dá trabalho! Será que os Portugueses estarão dispostos a isso?

3/08/2006 07:44:00 da tarde  
Blogger aNtonio said...

para os puristas, a versao original do sucesso do Ze Cid...

[AVISO: Contem imagens não aconselháveis a almas sensíveis]

3/10/2006 05:06:00 da tarde  
Blogger Luis Moutinho said...

Ora, também estou de passagem por cá. É suposto ficar até ao final de Junho...
Um abraço a todos.

3/18/2006 04:26:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home