12/05/2005

Lisboa Menina e Moça


Ontem vi a Mariza ao vivo.
Já a não via faz muitos anos.
Está diferente...

...

...mas o que me tocou mesmo foi ouvir uma plateia de finlandeses (e um surpreendente número de portugueses) a entoar o refrão do "Lisboa Menina e Moça".

Assim de repente, Tampere pareceu mais "a minha casa". Fez-me lembrar que ainda sou português - só acordei quando a neve na cara me lembrou que estamos bem mais a norte.

"Cidade a ponto-luz bordada
Toalha à beira-mar estendida
Lisboa menina e moça e amada
Cidade amor da minha vida"

Recomendo... quanto mais não seja para matar saudades!

Um abraço para os meus amigos Mariza e João Pedro.

1 Comments:

Blogger Diana Sousa said...

Lindo, lindo foi quando a senhora mandou o microfone às urtigas e cantou só com a voz que Deus lhe deu e as guitarras dos acompanhantes.

Eu vi pelo menos duas pessoas chorarem à minha roda, e aposto que nem sequer percebiam as letras...

Sabes o que é que me lembrou? O museu do fado e da guitarra portuguesa, em Lisboa, não sei se já lá foram :)

E outra coisa, estamos a ver se fazemos um jantar aqui em Tampere antes do Natal (mais propriamente no próximo sábado) e era um boa oportunidade para divulgar... os "Tampas" estão todos convidadosv - a festa é em casa do Miguel :)

12/06/2005 11:14:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home